Globo investe em efeitos especiais na novela das seis

A nova novela das seis chama-se Novo Mundo e a Globo pegou pesado nos efeitos especiais em sua primeira etapa. Os primeiros capítulos surpreenderam pela qualidade técnica e pelos efeitos gráficos. Para alcançar o objetivo, os produtores se aproximaram na indústria cinematográfica e contrataram profissionais de Hollywood.

O efeitos em ‘Novo Mundo’

A novela é uma aventura romântica ambientada no Brasil do início do século XIX. Com cenários históricos e uma etapa que se passa em um navio em alto mar, os estúdios da Globo investiram meses na produção de efeitos visuais. Usando modelagem 3D e ChromaKey (técnicas bastante vistas no cinema), a novela inova no conteúdo para TV. Para algumas cenas, até os figurantes foram criados digitalmente.

Para a conclusão dos efeitos é necessária uma organização de acordo com as necessidades de cada projeto. No caso de ‘Novo Mundo’ houve várias frentes, pois era preciso fazer as caravelas em 3D, as simulações do mar, testes de render, Mocap dos personagens virtuais, conceituação e gravação de bases para inserir no chroma key, entre outros efeitos. Toda essa demanda já começou na pré-produção.

Andy Armstrong, britânico especialista em efeitos especiais, foi quem instruiu parte do elenco para as cenas de combate que aparecem na novela. Andy é ex-dublê e consagrado diretor de cenas de ação. Ele dirigiu diversas sequências em produções americanas, como O Espetacular Homem-Aranha e Highlander.

Uma das dicas dadas pelo profissional para o elenco foi para a atuação em cenas de ação. Ele diz em entrevista para o Estadão que é preciso gravar as lutas em um ritmo mais lento e com mais precisão nos movimentos e, se necessário, acelerar a velocidade na edição. Ainda ensinou melhor como coordenar e alinhar câmeras e dublês para alcançar uma melhor qualidade.

Fonte: A Gambiarra

COMPARTILHE

  • Facebook
  • Twitter

Deixe seu Comentário